Double your donation impact

Donate Now

A Arca de Noé é um mito?

on
Also available in English
Share:

É uma história para a hora de dormir; é um mito; é uma alegoria. A idea de um dilúvio global parece quase grande demais para ser verdade: água cobrindo a terra inteira, todos aqueles animais cabendo em um único barco, uma família salva de dentro de uma numerosa multidão de pessoas. Poderia alguma coisa assim já ter acontecido? Onde estão as evidências? E, o mais importante, como podemos possivelmente reconciliar um amor de Deus com tanta morte e destruição?

Muito tempo atrás para ser importante?

Muitas pessoas duvidam da história do Dilúvio, porque elas não pensam que exista alguma evidência. Isto poderia ser um evento único, depois de tudo. Muitos de nós tem sido ensinado que tudo que nós vemos – erosão, vento, fluxo de água sempre tem ocorrido a uma taxa quase constante durante milhões de anos. Esta ideia, chamada uniformitarismo, assume que, para a maior parte dos, canyons e fósseis, montanhas e camadas de rocha, foram formadas gradualmente durante longos períodos de tempo. O Grand Canyon, os himalaias, as bacias oceânicas, todas elas vieram de acordo com o mesmo processo que nós vemos hoje, em basicamente a mesma proporção.

Mas, e se há outra explicação? E se a evidência sugere uma figura completamente diferente do passado da terra?

Dando uma outra olhada

A imagem da Arca de Noé que você deve ter visto nos livros de criança ou em pinturas nos muros do berçário é frequentemente pequena e limitada com cabeças de girafas saindo do topo. Mas a real Arca de Noé, a descrita na Bíblia, poderia ter sido em torno de 155,4 m de comprimento e 15,54 m de altura – e incrivelmente em condições de navegar até mesmo nos mares mais agitados. Este é um návio que poderia ter mantido os ocupantes seguros durante uma provação de um ano inteiro.

Durante o dilúvio, águas em furia, suficientes para cobrir a terra inteira, transformou a paisagem, derrubou camada sobre camada de sedimentos, e formou a maioria dos fósseis que nós ainda estamos cavando hoje. A terra mostra evidências, não de mudança gradual, mas de um evento cataclístico que transformou completamente o mundo e nos deixou com um incrível testemunho do poder do nosso Criador.

Mas esta destruição não foi sem propósito. Deus é amor, mas Ele também deve julgar a maldade. As pessoas dos dias de Noé não se importavam com a justiça ou em fazer os que elas sabiam ser certo. Ao invés de ver a arca que Noé estava construindo como um meio de escapar, eles rejeitaram a ideia de uma tal catástrofe e foram deixados de fora dos muros seguros do navio. Noé foi salvo, não devido suas próprias “boas ações”, mas somente devido a provisão de Deus.

Todos nós temos a mesma oferta hoje. Deus enviou outra arca – seu único filho- para pagar a pena pelos nossos pecados (Romanos 6:23)- Isto é, para morrer um sacrifício perfeito (Hebreus 10:11–14), cobrindo os pecados de todos que creem. O que Deus disse em sua Palavra, a Bíblia, acerca de Noé e a Arca é verdade ( e nós podemos ver evidências disso no registro geológico da catástrofre aquática mundial) e o que Ele diz acerca de nossa necessidade por seu dom da salvação é verdade também. Quando nos arrependemos de nossos pecados e confiamos na morte e ressurreição de Seu Filho, Jesus Cristo, em seu nome, nós seremos salvos da destruição que virá.

Help Translate

Please help us provide more material in Portuguese.

Help Translate

Visit our English website.